Tudo azul na Rodeo Road Trip

A dobradinha Parker-Splitter deu trabalho nos últimos jogos

A dobradinha Parker-Splitter deu trabalho nos últimos jogos

O San Antonio Spurs encerrou a Rodeo Road Trip com vitória sobre o Phoenix Suns por 97 a 87. Ao todo, os comandados de Gregg Popovich venceram sete dos nove confrontos e mantiveram a liderança geral da NBA com 45 triunfos e apenas 13 derrotas.

Esse saldo positivo pós-viagem já era esperado. Na análise do mês de fevereiro, previ uma RRT tranquila para os texanos. Os principais adversários da maratona seriam Chicago Bulls, Los Angeles Clippers e Golden State Warriors. Dos três duelos considerados complicados, ganhamos de Bulls e Clippers com extrema facilidade e perdemos para o Golden State no tempo-extra. O outro revés da turnê aconteceu diante do Detroit Pistons, que, apesar da campanha negativa, possui um time jovem e promissor. 

Em toda a sua história, o San Antonio Spurs nunca ficou abaixo dos 50% durante uma Rodeo Trip. Contando as nove partidas de 2013, a franquia tem, ao todo, 91 jogos disputados e 65 vitórias, o que dá um aproveitamento superior a 70%. Nada mal, né?

Desempenho dos jogadores durante a RRT

Desempenho dos jogadores na RRT

Como vocês podem observar acima, Tony Parker brilhou na Rodeo Road Trip. Além do francês, Danny Green e Kawhi Leonard assumiram um papel de maior destaque enquanto Tim Duncan e Manu Ginobili estiveram machucados. É importante saber que podemos contar com esses atletas na hora do aperto. Green, Leonard e o brasileiro Tiago Splitter precisam aparecer mais para desafogar o trio de ferro. O auxílio deles determinará o sucesso dos texanos na pós-temporada. Concordam?

4 Respostas para “Tudo azul na Rodeo Road Trip

  1. Respondendo sua pergunta na última frase, eu concordo!
    Acredito que o Spurs perdeu o campeonato passado pelo omissão (não na verdade essa palavra, porque ambos os 3: Danny, Tiago e Kahwi eram crus ainda pros offs e com certeza iriam sentir muito, e sentiram) dos jogadores citados. Porém, esse ano o time vem de uma temporada inteira treinando e jogando juntos para os offs, com Timmy jogando mais do que nunca, Parker ainda não chegou no seu 100% (imagina quando chegar) e os coadjuvantes, ao que me parece, aprenderam a lição, além da defesa mais forte, do ataque mais forte (e que ainda vai melhorar e muito).
    O título esse ano, pelo menos da conferência Oeste é bem mais plausível, e mesmo da NBA acredito que temos grandes chances sim! Muito maiores do que apontam em outros lugares.

    • Sim, até porque o OKC perdeu muito com a saída do James Harden. Kevin Martin é bom jogador, ninguém duvida, mas Harden é melhor.

  2. Pingback: Vídeo: Parker encontra Duncan livre | Destino Riverwalk·

  3. Pingback: Análise do mês: março | Destino Riverwalk·

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s