Sobre o interesse do Spurs em Al Jefferson

Seria um bom reforço?

Seria um bom reforço?

Recentemente, a mídia norte-americana divulgou que o San Antonio Spurs seria um dos possíveis destinos para o ala-pivô Al Jefferson. O que acontece? Jefferson está em seu último ano de contrato com o Utah Jazz, que teme perdê-lo de graça ao final da temporada. Pensando nisso, a franquia de Salt Lake City vem procurando equipes interessadas nos serviços do jogador.

De acordo com a imprensa ianque, os texanos estariam dispostos a oferecer três atletas para fechar o negócio. Um desses jogadores seria Tiago Splitter, que coincidentemente também estará no mercado após os playoffs (entenda o caso do brasileiro). Além de Splitter, Stephen JacksonPatrick Mills e Nando De Colo também foram ventilados na possível troca.

Quando vi a notícia pela primeira vez, me coloquei radicalmente contra o negócio, mas, depois de analisar com calma, percebi que, dependendo dos nomes envolvidos, a troca poderia sim ser vantajosa. Ao que parece, o martelo só será batido se o catarinense estiver no pacote, o que é justo. Stephen Jackson também interessa, já que possui um contrato expirante e livraria um belo espaço na folha salarial do Jazz.

A grande dúvida fica em torno do terceiro atleta a ser escolhido. Patrick Mills tem uma cláusula contratual que lhe permite vetar qualquer troca. Apesar disso, duvido que ele se colocasse contrário ao negócio. Atualmente, o time de Utah conta com um quadro de armadores mediano. Mills, por outro lado, é talentoso e certamente conseguiria mais minutos do que em San Antonio.

De todos os nomes especulados, Nando De Colo é o único que eu me esforçaria para manter. Sempre que pisou em quadra, o francês mostrou que pertence a uma classe de jogadores diferenciados (muitos o chamam de mini Manu Ginobili). Ele ainda está em processo de amadurecimento e demorará um pouco até se acostumar ao ritmo da NBA, mas é evidente que o armador é uma joia a ser lapidada.

Com tudo isso posto à mesa, o que Al Jefferson poderia trazer ao San Antonio Spurs? Primeiramente, é bom lembrar que o ala-pivô ainda é novo, tem apenas 28 anos – ele está incluso naquela lista de atletas que pulou direto do colegial para o melhor basquete do mundo. Ofensivamente, Big Al traria muita qualidade ao elenco de Gregg Popovich. Seu arsenal de jogadas embaixo da cesta é incrível e nos colocaria em outro nível. É notável também o bom posicionamento na briga por rebotes. Em contrapartida, Jefferson defende mal e dificilmente irá evoluir.

Pesando os prós e os contras na balança, acredito que o saldo dessa troca seria positivo para os texanos. Obviamente, ninguém gostaria de perder Tiago Splitter, ainda mais agora que o brasileiro está jogando em altíssimo nível, mas às vezes é preciso tomar certas atitudes pensando lá na frente. Há dois anos, o San Antonio Spurs decidiu negociar o armador George Hill por um total desconhecido. A princípio, despachá-lo parecia uma péssima ideia, mas o tempo mostrou que a diretoria estava certa e que nós estávamos errados.

Vocês gostariam de ver Al Jefferson em San Antonio?

9 Respostas para “Sobre o interesse do Spurs em Al Jefferson

  1. Essa troca de fato seria boa para os spurs, principalmente pensando nos playoffs. As chances são grandes dessa troca???

    • Olha Felipe, é sempre difícil quando se tem adversários do calibre de Oklahoma City Thunder e Los Angeles Clippers na Conferência Oeste. Para trocar o Stephen Jackson, a gente dependeria que Gary Neal voltasse a jogar bem e que Nando De Colo se firmasse de vez (acredito que a saída de Jackson seria muito benéfica para ele). Embaixo da cesta, o Spurs ganharia no ataque, já que Jefferson é superior a Splitter nesse quesito, mas perderia na defesa. Splitter é melhor que Jefferson defensivamente. No geral, o Jefferson é mais jogador, mas é realmente difícil dizer que o Spurs teria mais chances com essa troca, dependeria muito desses fatores que eu expus acima.

      • É verdade com o Hill foi a mesma coisa, não dá para saber antes se vai dar certo ou não, mas acredito que essa troca seria boa para os spurs. Eu só não colocaria o De Colo como moeda de troca.

  2. Se, e apenas se fosse possível ter certeza que Baynes será um grande defensor de garrafão, poderíamos mandar o Splitter pelo Jefferson sem dor no coração. Mas é impossível saber isso no momento, embora estejamos confiantes. É muito certo que vamos precisar de um grande pontuador de garrafão quando Tim Duncan deixar as quadras para entrar pra história, mas ainda assim é melhor ter garantias na defesa do que no ataque.

  3. Pingback: Pontaria calibrada | Destino Riverwalk·

  4. Me agrada muito essa história de Josh Smith, que está surgindo agora. Também perderíamos Jackson e Splitter, mas Josh Smith é muito bom em ambos os lados da quadra. Se essa troca saísse, talvez fosse interessante retornar as conversas com o Raptors sobre Blair. Quem sabe um Pietrus pra suprir a saída do Jackson.

  5. Pingback: Rumores e mais rumores | Destino Riverwalk·

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s