4 frases sobre Tim Duncan contra o Bucks

Toco nele!

Toco nele!

Tim Duncan teve mais uma noite monstruosa na quarta-feira (3) diante do Milwaukee Bucks. Como nos velhos tempos, o astro anotou 28 pontos, pegou 13 rebotes e distribuiu seis assistências, além de três bloqueios. Após a partida, Timmy recebeu elogios diversos:

Nem sequer nos falamos e muito menos nos olhamos. Fico feliz apenas por ele aparecer nos jogos.

Em tom de brincadeira, o técnico Gregg Popovich mostra como é o seu relacionamento com o principal atleta da história do San Antonio Spurs. Sem dúvidas é algo especial.

Ele tem jogado assim durante toda a temporada. Agora nós meio que esperamos isso todas as noites.

Para o francês Tony Parker, ver Duncan atuando em altíssimo nível virou rotina. Nos últimos 15 dias, o ala-pivô marcou 31 pontos e 18 rebotes na derrota para o Denver Nuggets e contribuiu com mais 30 tentos no triunfo sobre o Houston Rockets. Um pouco antes, o craque fez 22 pontos e 20 ressaltos diante do Utah Jazz e 22 tentos e 17 rebotes contra o Indiana Pacers. Coisa de MVP!

Quando Timmy converte seus arremessos de média distância, o confronto muda completamente para nós.

Novamente, sábias palavras de Tony Parker. Há algum tempo, falei aqui no blog sobre a mudança de estilo do camisa 21 e sobre a dificuldade de marcá-lo atualmente. Duncan adicionou ao seu arsenal um leque impressionante de tiros. Coloque um pivô pesado para defendê-lo e certamente ele será incapaz de atrapalhar esses chutes. Tente impedi-lo com alguém mais leve e que consiga acompanhá-lo até as zonas de arremesso e seja engolido por seu jogo de costas para a cesta. Timmy é um verdadeiro pesadelo para qualquer marcador.

Ninguém conseguiu pará-lo nos últimos 15 anos.

Pobre John Henson. O novato do Milwaukee Bucks se esforçou e fez uma excelente partida. No final, contudo, ele teve que reconhecer a imponência de Tim Duncan.

Fonte das frases: Spurs Nation

4 Respostas para “4 frases sobre Tim Duncan contra o Bucks

  1. Kareem Abdul-Jabbar ganhou o prêmio de MVP das finais com 15 anos de diferença. Isso o torna um dos jogadores de maior longevidade em alto nível de todos os tempos. Timmy tem condições de, no mínimo, igualar isso. Nosso time é muito forte, top5 da Liga com certeza absoluta, e tem chances muito boas de chegar ao 5 anel. E com Tim Duncan sendo MVP, 14 anos depois de ganhar o primeiro em 1999. Um fenômeno.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s