Análise do mês: janeiro

Se esforcem aí que janeiro vai ser *oda

Se esforcem aí que janeiro vai ser tenso!

Em dezembro disse aqui no blog que o mês do San Antonio Spurs seria complicado. Em 16 partidas, os texanos venceram 12 e fecharam o ano no terceiro lugar da Conferência Oeste, atrás de Los Angeles Clippers e Oklahoma City Thunder. O calendário de janeiro está ainda pior e promete trazer problemas aos comandados de Gregg Popovich. Será que conseguiremos nos manter no topo do concorrido Oeste? Vamos à análise:

Obrigatório vencer

  • New Orleans Hornets – 23.1.13 (casa)
  • Phoenix Suns – 26.1.13 (casa)
  • Charlotte Bobcats – 30.1.13 (casa)

O New Orleans Hornets já perdeu duas vezes para o Spurs nesta temporada, mas conta com a volta do perigoso ala-armador Eric Gordon. O Phoenix Suns, por sua vez, vai até San Antonio e pega os texanos num back-to-back. O mais sossegado da lista é o Charlotte Bobcats, que enfrenta um adversário três dias descansado e deve ser presa fácil.

Boas chances de triunfo

  • Philadelphia 76ers – 5.1.13 (casa)
  • New Orleans Hornets – 7.1.13 (fora)

O Philadelphia 76ers acaba de arrancar uma vitória do Los Angeles Lakers em pleno Staples Center e pode incomodar, ainda mais com a grande fase do garoto Jrue Holiday. Fora de casa, Tim Duncan e companhia medem forças contra o Hornets pela quarta vez em 2o12-13. Se o time de Monty Williams estiver completo, certamente teremos trabalho.

Parada dura

  • Milwaukee Bucks – 2.1.13 (fora)
  • Los Angeles Lakers – 9.1.13 (casa)
  • Minnesota Timberwolves – 13.1.13 (casa)
  • Memphis Grizzlies – 16.1.13 (casa)
  • Golden State Warriors – 18.1.13 (casa)
  • Atlanta Hawks – 19.1.13 (fora)
  • Philadelphia 76ers – 21.1.13 (fora)
  • Dallas Mavericks – 25.1.13 (fora)

Os velozes Monta Ellis e Brandon Jennings fazem do Milwaukee Bucks uma equipe traiçoeira. Os clássicos diante de Los Angeles Lakers e Dallas Mavericks (lembrem que Dirk Nowitzki está de volta) podem trazer resultados adversos. Há também os duelos contra Memphis Grizzlies, Golden State Warriors e Minnesota Timberwolves, forças ascendentes da Conferência Oeste e que estariam classificadas para os playoffs se a temporada acabasse hoje. Nesse mesmo balaio, Atlanta Hawks e Philadelphia 76ers, terceiro e oitavo colocados do Leste, respectivamente, devem dar dor de cabeça à franquia do Alamo.

Aceitável perder

  • New York Knicks – 3.1.13 (fora)
  • Memphis Grizzlies – 11.1.13 (fora)

Li no excelente Bala na Cesta que Gregg Popovich está pensando em poupar alguns titulares (de novo!) em Nova York. Caso isso aconteça, o triunfo do Knicks é praticamente certo. Mesmo que o San Antonio Spurs entre em quadra completo, um revés para o time de Mike Woodson será absolutamente normal. O mesmo vale para a partida diante de Zach Randolph e companhia.

Concluindo…

Como vocês podem observar, o mês de janeiro será extremamente difícil para os texanos. Dos 15 confrontos, coloquei apenas cinco na lista dos teoricamente fáceis, mas nem todos devem ser tranquilos como o Charlotte Bobcats em casa após três dias de folga. Para se ter uma ideia, a mesma lista em dezembro continha dez oponentes. Ficarei bastante feliz se chegarmos a fevereiro com um recorde positivo de 36-12 ou 35-13. E vocês, leitores, o que acham? 

3 Respostas para “Análise do mês: janeiro

  1. Concordo que chegar a fevereiro com 35-13 já seria ótimo.
    Se por um lado olhar na tabela e ver nomes como Knicks e Grizzlies dá uma certa ansiedade, por outro eles sentem o mesmo (ou pior ainda) quando olham nas suas schedules e vêem SAS lá.
    Estamos numa série boa, o time está cada vez mais engrenado, Duncan está voando, Ginobili voltor a dar espetáculo e Parker está cada vez mais maduro e consistente. Com esses três em dia eu não temo uma série de 7 jogos nem contra OKC nem contra Miami Heat. Que venham os adversários!

    • SIm, isso também é verdade Danilo. Ninguém hoje quer enfrentar o Spurs também. Nosso calendário de janeiro está complicado, mas acho que dá sim para sairmos dele com um 35-13.

  2. Pingback: Análise do mês: fevereiro | Destino Riverwalk·

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s