Preocupante… até a página cinco

Palavra de ordem em San Antonio é paciência!

Manu Ginobili começou mal a temporada 2012-13 da NBA. O argentino, que ajudou seu país a conquistar o quarto lugar nas Olimpíadas de Londres, parece cansado e vem tendo seus piores números desde 2002-03, quando se juntou a Tony Parker e Tim Duncan no San Antonio Spurs.

O que está acontecendo com ele? É só cansaço ou os 35 anos começaram a fatigá-lo? Primeiro vamos dar uma olhada nos números:

Tabela - Manu Ginobili

Como vocês podem observar, Ginobili tem jogado pouco. Seu tempo em quadra, por exemplo, só é maior que o do primeiro ano. O mesmo acontece com o número de pontos e se agrava no aproveitamento dos arremessos. Nos sete jogos que disputou até aqui, o argentino registrou suas piores porcentagens da carreira. Pela primeira vez em 11 anos de NBA, Manu está abaixo dos 40% de aproveitamento nos tiros de quadra. Nas bolas de três pontos, ele vem convertendo menos de 20%, muito abaixo dos 33% computados em 2008-09 (antiga pior marca).

E o que isso tudo quer dizer? Muita gente vai falar que o camisa 20 está velho e acabado, mas lembremos que ele vem de uma temporada com ótimos números (2011-12) e de uma Olimpíada em que foi o grande líder da Argentina. Acho impossível que a idade comece a cansá-lo repentinamente. Geralmente esse é um processo gradual, completamente diferente do que está acontecendo agora.

Meu ponto de vista: quem acompanha o San Antonio Spurs mais de perto certamente já viu isso acontecer outras vezes. Ginobili demora um pouco para pegar no tranco e aqui sim temos que levar em conta a sua idade. Um jogador de 35 anos que disputou recentemente três séries de playoffs, um ritmo frenético em Londres e ainda teve que voltar rapidamente aos treinos no Texas deve estar exausto – o próprio Manu reconheceu que precisa de um tempo para voltar ao velho ritmo.

A palavra do dia em San Antonio é paciência. Ninguém quer desgastar uma estrela quando se tem um elenco de apoio que permite que ela descanse o quanto achar necessário. Gregg Popovich é inteligente e já passou por isso anteriormente. O melhor remédio no momento é dar tempo ao argentino e esperar que ele se recupere sem pressa.

4 Respostas para “Preocupante… até a página cinco

  1. Lembremos que ele não jogou os primeiros jogos por lesão. Ele quase não jogou contra o Lakers por problemas físicos ainda. Ele foi importante contra o Portland. Uma marca de 12 pontos, 2 rebotes, 4 assistências e 1 roubo realmente está abaixo do seu padrão, mas não é tão ruim assim, principalmente quando levamos em conta o adversário. Realmente, 1 de 5 bolas de 3 pontos, e 3 turnovers cometidos em 26 minutos é uma coisa que não é comum vermos em Gino, mas ele tem crédito e de sobra. Tenho certeza absoluta de que ele vai melhorar bastante conforme sua forma física for melhorando. Mas precisamos de paciência, como você acertadamente colocou. Acredito que teremos aquele nosso Manu de volta só depois do All Star Game. Afinal, como diria o Pop, “he’s Manu Ginobili”.

    O negócio é manter o time jogando bem e vencendo sempre, pra não precisar forçar o Big 3, principalmente o Manu e o Big Fundamental. Nossos role-players precisam ir tomando cada vez mais confiança, ir decidindo os jogos por conta deles mesmos. Tenho confiança em Green, Splitter, Neal, Mills, Cap Jack, e principalmente em Kawhi. Acredito que De Colo também vá aparecer como grata surpresa na hora certa. Tenho um pouco de pé atrás com Diaw e Blair, e acredito que o tempo do Bonner em San Antonio tenha terminado.

    Com esse grupo, Manu tem todo o direito de ir jogando mal no começo da temporada, até o físico se ajeitar.

  2. Danilo, concordo plenamente contigo. Até me esqueci de citar esse negócio da lesão, mas tem essa também. Eu acho que o Manu está meio enferrujado, principalmente nos arremessos, mas estou com você quando você diz que o verdadeiro Manu deve aparecer pós-ASW. Enquanto isso, o Spurs tem jogadores de sobra pra cobrir esse buraco. Valeu pelo comentário🙂

  3. Pingback: Leonard e Neal no estaleiro | Destino Riverwalk·

  4. Pingback: De volta à velha forma | Destino Riverwalk·

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s